Temos mais animais de estimação do que crianças em Portugal
Partilhar


Segundo um estudo da GFK, uma empresa de estudos de mercado, haverá 6,7 milhões de animais de estimação em Portugal. As conclusões indicam que dois milhões de lares (54%) possuem, no mínimo, um animal doméstico - ou seja, «Portugal já regista, inclusivamente, mais cães e/ou gatos nos núcleos familiares do que crianças», uma tendência verificada noutros países como o Brasil, Japão ou Estados Unidos. 

Em Portugal, o animal de estimação preferido continua a ser o cão (38%), seguindo-se o gato (20%), pássaros (9%) e peixes (4%). No entanto, se forem acompanhadas as tendências que se estão a verificar, por exemplo, no norte da Europa, os gatos deverão, no futuro suplantar os cães. Em países como a Noruega esta já é a proporção, conta ao SOL a médica veterinária Joana Valente: «O número de gatos está definitivamente a crescer, provavelmente porque são animais que se se adaptam melhor ao atual estilo de vida».

Dentro de casa

Para já, porém, os cães estão no topo das preferências, sendo quase metade (48%) de raça, com os caniches, os labradores, os pinchers, os pastores alemães e podengos portugueses a ocuparem os lugares cimeiros  da lista, adianta a GFK.

Além de o número estar a aumentar, também a relação entre as pessoas e os seus animais de estimação é bastante diferente do passado. Por exemplo, 53% dos cães já vivem dentro de casa com os seus donos, números impensáveis há uns anos. A forma como os cães se tornam propriedade dos donos também está a alterar-se: 56% são oferecidos, mas  está a crescer o número de adoções  (15% em 2015, por oposição a 3% em 2011). Nos gatos, a diferença é ainda maior:

Outra conclusão curiosa do estudo é a de que está a diminuir o hábito de alimentar os animais de com restos de comida, dando-se primazia às rações secas.

 Estes cuidados refletem-se numa maior esperança de vida dos animais e é particularmente notória nas questões de saúde: «91% dos donos de cães levam o ‘amigo de quatro patas’ ao veterinário, sobretudo para vacinação, mas também para desparasitação interna/externa», indica o relatório da GFK.

E os vínculos criados com os animais acabam por ser tornar-se cada vez mais fortes, diz a psicóloga Ana Paula Almeida: «Muitos pais escolhem ter um animal de estimação porque é bom e saudável para os filhos, há pessoas que os têm porque estão sozinhas e outros simplesmente porque assim o decidem».

Fonte: Jornal SOL

Compre e venda anúncios de Animais, acessórios para animais, alimentação para animais, adopção de animais, clínicas para animais, hóteis para animais.
Tudo ao melhor preço em Portugal. Animal Virtual - o seu amigo especial!

Categorias Principais: Cães, Gatos, Peixes, Cavalos, Aves, Animais de Quinta, Perdido ou Encontrado, Animais para adopção,
SIGA-NOS
© 2018 - ANIMAL VIRTUAL - V.00 BETA
A plataforma Animal Virtual encontra-se em fase de desenvolvimento.
Se detectar algum erro, bug ou mal funcionamento por favor envie-nos um email com a descrição para suporte@animalvirtual.pt. Obrigado!
TITULO
mensagem